Radio Atalaia FM Rio. Aperta o Play!


quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Cedae vai realizar obras de emergência

Cedae vai realizar obras de emergência para proteção da captação de água em Guandu

Companhia de água informou que atual gestão identificou a necessidade urgente da obra para garantir a segurança operacional da captação da Estação de Tratamento de Água Guandu e do Novo Guandu

Por Agência Brasil

    Fachada do edifício-sede da Cedae
    Fachada do edifício-sede da Cedae - Tomaz Silva/Agência Brasil
    Rio - A Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) fará obras de proteção da captação de água da Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O objetivo é impedir que os rios Ipiranga, Queimados e Poços misturem suas águas ao Rio Guandu. Com investimentos de cerca de R$ 90 milhões, as obras devem ser feitas em até 720 dias após a contratação da empresa, que ficará responsável pelo projeto.

    Uma avaliação realizada pelo corpo técnico da companhia constatou que, caso a medida não seja adotada, a implantação do projeto Novo Guandu ficará comprometido, uma vez que a nova estação utilizará o mesmo ponto de captação.

    A Cedae informou que atual gestão identificou a necessidade urgente da obra para garantir a segurança operacional da captação da ETA Guandu e do Novo Guandu, em fase de projeto executivo. A última vez em que a Estação de Tratamento do Guandu passou por reformas foi no primeiro governo Leonel Brizola, em 1982.

    Investimentos
    O governador Wilson Witzel disse que a falta de pesquisas em educação, inovação e tecnologia resultou nos problemas de saneamento e outras áreas que o estado do Rio de Janeiro enfrenta atualmente. “Os governadores que passaram pelo Rio de Janeiro fecharam os olhos para um drama da população, que é a falta de saneamento”. Segundo ele, resolver esse problema não é simples. “Nós vamos precisar de mais de R$ 30 bilhões para os próximos 10 anos para poder fazer 90% de saneamento em nosso estado”.

    O governador avaliou que está fazendo o “dever de casa”. “Não vamos resolver o problema em poucos dias, mas estamos dando partida”. Witzel disse que a Cedae vai ter R$ 700 milhões de investimentos já programados para modernização da Estação de Tratamento de Água (ETA) 1 e 2, e será construída a Estação Guandu 2, próximo da fonte de captação, com investimento de R$ 1,5 bilhão, para poder viabilizar os investimentos da distribuição de água e do saneamento.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Postagem em destaque

    1° Conferência de Mulheres. na Igreja ADMVR em Jacarepaguá RJ.

      Vem aí 1° Conferência de Mulheres 25 Setembro as 18hs na Igreja ADMVR em Jacarepaguá Direção Neylma Neylma Preleitora Dra Iradi Coutinho ...