Radio Atalaia FM Rio. Aperta o Play!


domingo, 29 de novembro de 2020

Anônimos e famosos usam 'chapéu do Zé Pelintra' para irem às urnas Declaração do candidato à reeleição motivou que as pessoas fossem às ruas com o adereço

 Anônimos e famosos usam 'chapéu do Zé Pelintra' para irem às urnas

Declaração do candidato à reeleição motivou que as pessoas fossem às ruas com o adereço


Eleitor vai de chapéu na sessão eleitoral onde vota o candidato Eduardo Paes
Reginaldo Pimenta


Rio - Não foi só o uso das máscaras que chamou a atenção dos eleitores neste domingo (29) de votação. A declaração do atual prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), no debate da última sexta-feira, atacando o candidato Eduardo Paes (DEM), alegando que em sua época como prefeito usava o chapéu do Zé Pelintra, entidade de matriz africana incorporada em terreiros de Umbanda, para acompanhar os desfiles na Marquês de Sapucaí, motivou os cariocas a saírem para as ruas com mais um adereço. O chapéu Panamá não ficou apenas na cabeça dos anônimos.


A cantora Alcione portou em sua página oficial do Instagram uma foto com o chapéu. "Saindo para votar em Eduardo Paes e homenageando Seu Zé Pelintra!", escreveu Marrom (Alcione).


Logo pela manhã, o taxista Luiz Tibúrcio da Silva Junior, 54, foi irreverente e tentou "homenagear" o candidato à reeleição, Crivella. Ele esteve bem cedo para deixar uma eleitora na sessão eleitoral do prefeito, na Barra da Tijuca, e disse que sua postura era uma forma de protesto.


"Como carioca, me senti desrespeitado com a declaração do atual prefeito. Ele fez um governo ruim e ainda falou de forma preconceituosa da religião. Hoje eu vou votar devidamente vestido", afirmou o morador de Madureira, na Zona Norte.


Os amigos Jorge Silva e Júlio Nascimento, moradores do subúrbio carioca, também aderiram o acessório e usaram o chapéu Panamá para irem às urnas.


"É uma ofensa à fé das pessoas. Cada um tem sua fé e precisa respeitar. Não pode misturar política com religião, ele errou”, disse Jorge Silva, morador da Vila da Penha.


"É completamente desnecessário usar de uma religião para tirar votos do seu adversário. Na realidade, o Paes não usou o chapéu do Zé Pelintra, ele estava usando um chapéu de uma escola de samba. Nesse caso, da Portela. Por conta dessa declaração, ele pode ter perdido votos de muitos eleitores", expressou-se Júlio.


Ao falar que Paes usava um chapéu do Zé Pelintra, Crivella falava do chapéu Panamá, fabricado com a palha da planta Carludovica palmata.



POR LUCAS CARDOSO E ALINE CAVALCANTI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

1° Conferência de Mulheres. na Igreja ADMVR em Jacarepaguá RJ.

  Vem aí 1° Conferência de Mulheres 25 Setembro as 18hs na Igreja ADMVR em Jacarepaguá Direção Neylma Neylma Preleitora Dra Iradi Coutinho ...