Radio Atalaia FM Rio. Aperta o Play!


domingo, 11 de outubro de 2020

Candidato a vereador de Nova Iguaçu é morto a tiros

 Candidato a vereador de Nova Iguaçu é morto a tiros

Este é o segundo caso de assassinato contra político, registrado no município, em outubro

Portal dos Procurados divulga cartaz pedindo informações sobre a morte do candidato a vereador Mauro Miranda - Divulgação


 Rio - A Baixada Fluminense registrou, neste sábado, o assassinato do segundo candidato a vereador de Nova Iguaçu, no mês de outubro. Domingos Barbosa Cabral (PHS), de 57 anos, foi morto a tiros, por volta das 18h30, no bairro Cabuçu.


 O Portal dos Procurados, do Disque Denuncia, divulgou neste domingo um cartaz para receber informações que ajudem a polícia nas investigações da morte do político.Os telefones para contato são (21) 98849-6099; (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177.


 A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso. Agentes da especializada estiveram no local do crime ainda na noite de sábado.Ainda não há a informação de crime político.


 A Polícia Militar informou que o 20º BPM (Mesquita) foi acionado para uma ocorrência com uma pessoa baleada na UPA do Cabuçu. No local, foi constatado que set tratava do candidato.


MORTES

No dia primeiro de outubro, Mauro Miranda da Rocha, de 41 anos, candidato a vereador, em Nova Iguaçu, pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), foi morto a tiros. Ele trabalhava como segurança de um supermercado e estava acompanhado de dois amigos que também foram atingidos pelos disparos. O politico foi baleado na cabeça, braço e peito.


Em setembro, a pré-candidata a vereadora Sandra da Silva Ferreira, mais conhecida como Tia Sandra, foi encontrada morta em Magé, na Baixada Fluminense. O corpo de Sandra foi encontrado dentro do Rio Roncador, no bairro Barbuda.



Por Anderson Justino, O Dia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Doe Esperança!

        Pérola precisa de nós!! PÉROLA está internada, as plaquetas desceram.Ainda precisamos de doações de Plaquetas e sangue, quem puder a...